Sexta-feira, 12 de Maio de 2006
Motivação no Mundo Corporativo
Conselhos amigos para o chefe:

1º - Nunca me dê serviço de manhã. Espere até às 16 h para o fazer. A pressão que me dá um serviço a ser feito quase ao fim do expediente é extremamente motivante para mim.

2º - Se o serviço é urgente, venha até à minha secretária de 10 em 10 minutos para me interromper e para me perguntar como me estou a sair. Isso ajuda-me muito. Ou melhor, fique de pé atrás de mim acompanhando o que eu faço e não hesite em dar-me conselhos sobre como proceder de cada vez que eu teclo numa letra.

3º - Quando sair, não avise ninguém e nunca diga onde vai. Isso me dará a chance de exercer a minha criatividade quando me perguntarem onde está.

4º - Se eu estiver com as mãos cheias de papéis e de caixas, não me abra a porta. Tenho que aprender a adaptar-me sem mãos para o caso de ficar paraplégico (nunca se sabe ...). Abrir as portas com a boca é um óptimo exercício.

5º - Se me der várias tarefas, não se preocupe em definir as prioridades.
Estou a estudar telepatia.

6º - Faça o possível para que eu tenha de trabalhar depois do expediente.
Adoro a empresa e, a verdade é que, eu não tenho mesmo nada mais que fazer e nem onde ir. Eu não tenho absolutamente mais nada na vida para além do trabalho.

7º - Se eu estiver a fazer um bom trabalho e estiver satisfeito comigo, por favor guarde segredo. Se alguém souber eu posso serpromovido... E eu não suportaria trabalhar para outra pessoa.

8º - Se eu fizer um erro ou alguma coisa que não goste, diga-o a toda a gente. Gosto de ser motivo de conversa. Saber que todos falam do meu erro ajuda-me a melhorar.

9º - Se um serviço necessita de instruções específicas, não as escreva...
Aliás, espere até a última hora para dá-las. Não pense em sobrecarregar-me com informações (in)úteis.

10º - Não me apresente as pessoas que estão consigo. Não tenho nenhum direito de saber o que quer que seja. Mais tarde, quando me falar deles, eu vou saber imediatamente a quem se refere graças à minha incrível capacidade de dedução.

12º - Seja apenas cortês comigo quando o serviço que faço puder melhorar a sua vida profissional.

13º - Conte-me todos os seus pequenos problemas. Ninguém mais os tem, e é agradável ver alguém com menos sorte do que eu. Adoro particularmente quando se queixa de pagar muitos impostos por causa do seu alto salário, quando me confidencia as suas dúvidas de investimento na Bolsa, a sua última gratificação, ou quando se queixa dos três dias de chuva durante o mês de férias em que esteve no Caribe.

14º - Espere pela minha avaliação anual para me dizer quais eram os meus objectivos. Dê-me um medíocre pela minha performance e dê-me apenas um pequeno aumento, só para cobrir o aumento do custo de vida.

...Afinal, eu não estou aqui por dinheiro...
publicado por Nocas às 14:57
link do post | comentar | favorito
.que mau feitio
.pesquisar
 
.Julho 2007
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31
.pensamentos recentes

. ...

. Vou ter de mudar mais uma...

. Prima da Lagosta

. ...

. Chuva

. 12 anos depois

. Eu vou para lá...

. E onde estavas tu no 25 d...

. Parabéns

. Tarde de saúde

.coisas cheias de pó

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

.tags

. todas as tags

.links
blogs SAPO
.subscrever feeds