Sexta-feira, 27 de Abril de 2007
Parabéns

Hoje a Cris faz anos, por isso gaja, muitos PARABÉNS!!!

Bemvinda aos 30... Pois é, toca a todos.

Amanhã lá estamos todos a beber uns copos para festejar...

publicado por Nocas às 21:44
link do post | comentar | favorito
Terça-feira, 24 de Abril de 2007
Tarde de saúde

Hoje acordei com a sensação que o dia não iria acabar sem passar pelo hospital, pelo médico de clinica geral ou por mezinhas das antigas.

Estava desconfortável e sem vontade nenhuma de abandonar o quentinho da cama pela loucura da 2ª Circular, agravada pela infecção que se adivinhava.

Fui trabalhar, o dia passou bem, mente ocupada, tarefas para desempenhar, tudo programado ao minuto para passar 8 horas num ápice.

Saí, 2ª Circular novamente, hoje sem acidentes, sem carros avariados e sem filas. Chego a casa, meto a vida numa mala e CUF Hospital das Descobertas. O novo seguro de saúde dá-me acesso à CUF a preços mais amigáveis e tenho a dizer qualquer semelhança com as urgências dos hospitais estatais é pura coincidência. Em uma hora fiz ficha de admissão, fui examinada por uma enfermeira para fazer triagem, esperei um bocadinho, o médico chamou-me, falou comigo, passou receita, fui à recepção, paguei, recebi factura e dirigi-me para o estacionamento. Parecido, hã!

A última vez que entrei no Hospital Garcia da Horta em Almada foi para fazer companhia à Cris que por lá ficou 6 horas à seca.  Mas como se deve calcular a rapidez e a saúde neste país da treta faz-se pagar bem. Nem vos digo quanto teria que desenbolsar se não tivesse seguro de saúde.

Depois Vasco da Gama, ida à farmácia e casa dos pais para jantar. Logo espera-me o concerto do 25 de Abril em Almada, na afamada Praça São João Baptista, com Fausto e GNR. Mesmo a antibiótico em casa é que não fico. Com sono e a morrer de cansaço, aqui vou eu tomar um banho de multidão. Esta aventuras sempre acompanhada daquele que violentamente me ganha todas as noites ao monopólio.

publicado por Nocas às 21:15
link do post | comentar | ver comentários (4) | favorito
Sábado, 21 de Abril de 2007
Ai que tou velha...

Estou acabadinha para o mundo!

Ontem estava um belo dia para estar de folga, chovia a potes, fez um bocadinho de frio e a minha neura de estar em casa transformou-se em crise de sinusite, com direito a receber de oferta uma dor de cabeça monumental

Enfim, velhice!

Mas lá se safou o dia com a noite. Sim, de noite tinha duas festas de aniversário. Fui jantar vom uns e fui beber café com outros. Primeiro tailandês com o Grossmann e o resto da malta, depois lá se juntou a pandilha para cantar os parabéns à Maggie num café na Avenida da Liberdade.

Conclusão: deitei-me às 2h da manhã e começei o turno da manhã às 6h... SOCORRO!!!

 

Quero fugir !!! 

publicado por Nocas às 14:13
link do post | comentar | favorito
Quarta-feira, 18 de Abril de 2007
Equador

À pouco tempo resolvi reler o Equador de Miguel Sousa Tavares. Como é que é possível que passado alguns anos desde que o li pela primeira vez a emoção de quem chega ao fim da história é a mesma. Sem dúvida que são das melhores páginas escritas contemporâneas.
Lê-se sobre um Portugal de início de século, cujo o conteúdo político é díspar da actualidade mas que nos processos administrativo burocráticos mantém-se igual 100 anos depois- Lê-se sobre uma Índia colonial e sobre a arrogância inglesa e a sua pretensão de ser “ruler of the world”. Lê-se sobre uma ilha perdida no meio do Atlântico onde de tudo se move com a languidez característica da linha do Equador.
Folha a folha a sede de chegar ao fim do livro começa a ser quase insuportável, mas nem assim isto faz sentido, não tenho vontade de conhecer o final porque esse já o sei, não tenho vontade de virar a última página porque sei que tão cedo encontrarei outro que me dê vontade de ler com a mesma sofreguidão.
   
música: Na roça grande
publicado por Nocas às 21:53
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
Terça-feira, 17 de Abril de 2007
...
O corpo humano tem uma enorme capacidade de adaptação. Vou no terceiro dia do turno da tarde e ontem à noite já estava lançadíssima para estar acordada sem qualquer problema até às duas da manhã. Como seria de esperar hoje de manhã o corpo estava preparado para ficar na cama mais tempo do que eu deixei. Perdi completamente a noção dos dias, por exemplo, para mim hoje é como se fosse quinta-feira porque amanhã é o meu último dia de turno e, logo, equivalente a uma sexta-feira do horário convencional. Conclusão, a minha segunda-feira de preguiça e resmunguice vai ser Sábado.
Enfim, prevejo que dentro de muito pouco tempo saiba a quantas ando.
Mas há que tirar proveito de todas as situações, hoje chego a casa e atiro-me para o sofá a ver as Donas de Casa Desesperadas – III serie – luxo o qual não tenho acesso quando entro às 7 horas da manhã. Amanhã acordo tarde e más horas, improviso um almoço e toca de fazer QC por mais umas horinhas.
 
O dia acordou solarengo e a cheirar quase a Verão. Boa, boa, se continuar assim ainda dou um salto à praia nas minhas folgas (5ª e 6ª feira), pensei eu. Está bem, está. Só começa a chover logo a partir de 5ª feira. Ó VIDA INGLÓRIA!!!
Fui visitar os lendários colegas da Siemens que tantas páginas fizeram rolar neste humilde blog. Tudo na mesma, mas mais vazio. Claro fiz logo a algazarra e quebrei a minha rotina e a rotina deles.
 DAQUI VAI UMA BEIJOCA PARA OS POUCOS QUE FAZEM O METRO ANDAR!
Um bem haja aos meus ex-colegas!
publicado por Nocas às 20:19
link do post | comentar | favorito
Segunda-feira, 16 de Abril de 2007
Tributo
Ontem recebi uma notícia triste. Fiquei a saber que a juventude não é sinónimo de eternidade e que todos os acontecimentos contra-natura são muito complicados de assimilar. É natural os avós partirem antes dos pais, os pais partirem antes dos filhos, esta normalidade que advogo não é oca ou omissa da dor que essas perdas significam.
O que custa é aperceber-me que desaparecem pessoas que têm toda uma vida pela frente, um todo ainda por explorar, pequenos feitos para realizar, glórias próprias que ficam pelo caminho.
Custa olhar à volta e ver que alguém da mesma idade que eu partiu e quase não teve tempo para se despedir, quase só teve tempo para sofrer. Custa pensar nos que ficam, pais, família, amigos chegados. Custa, principalmente, apercebermo-nos de uma pancada só que a vida é um bem frágil e que deve ser vivida ao máximo.
Onde quer que estejas, pelo menos estás em paz!
Um tributo a ti, Patrícia.
publicado por Nocas às 18:28
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
Domingo, 15 de Abril de 2007
Tou...

Tou doente,

Tou triste,

Isto hoje não está fácil...

sinto-me:
publicado por Nocas às 19:37
link do post | comentar | favorito
.que mau feitio
.pesquisar
 
.Julho 2007
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31
.pensamentos recentes

. ...

. Vou ter de mudar mais uma...

. Prima da Lagosta

. ...

. Chuva

. 12 anos depois

. Eu vou para lá...

. E onde estavas tu no 25 d...

. Parabéns

. Tarde de saúde

.coisas cheias de pó

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

.tags

. todas as tags

.links
blogs SAPO
.subscrever feeds