Quinta-feira, 21 de Dezembro de 2006
Eragon
Num breve resumo a história consiste num rapaz que descobre
o que parece ser uma pedra, passado ela eclode e nasce um
dragão. Importa mencionar que a terra onde ele habita é
governada pelo último cavaleiro de dragões que se virou contra
os seus semelhantes e os aniquilou para assim obter o poder.
Ora este moço é a esperança de todos os que resistem ao
poder de Galbatorix (o tal mau da fita). Logo começa a sua
caminhada em direcção ao local onde habita a resistência
(os Varden) na companhia de Brom (Jeremy Irons)
ex-cavaleiro de dragões que lhe passa a história e o ensina
a interagir com o dragão (Saphira).
Pelo caminho salvam uma elfo (Arya) e encontram um amigo
(Murtagh) e quando chegam aos Varden enfrentam uma
batalha contra um exército de urgals (coisa nojentas que
matam tudo) e um espectro (Druza). Ganham a batalha e o filme
acaba.

Até parece muito bem... Numa hora e quarenta minutos,
para quem gosta do género, mas muito ao estilo de
filme de tarde de domingo na TVI.

Agora para quem leu o livro --- TREMENDA DESILUSÃO ---
compreende-se que num filme deste género algumas das cenas
do livro (que tem 569 páginas) tenham de ser cortadas, mas
neste caso concreto a história foi totalmente aniquilada, aliás
mesmo os mais desatentos verificam que, mesmo sem ler o
livro, falta qualquer coisa de definidor no filme.

O livro foi escrito por Paolini quando este tinha 15 anos, não é
um Senhor dos Anéis, mas a história e, principalmente o
enredo político por detrás das alianças que o novo cavaleiro
tem que fazer, tornam o livro complexo e aguça a curiosidade
do leitor para o livro seguinte (este com 700 páginas).

No livro há pessoas que morrem e no filme não, no livro Eragon
é obrigado a uma tripla aliança com os Varden, com o Anões e,
mais tarde, com os Elfos, no filme isso não acontece.
No livro os anões são anões, no filme se eles existem são do
tamanho dos homens, no livro os elfos são elfos, no filme a
elfa Arya nem orelhas pontiagudas tem.
No livro os Varden têm magos (os Gémeos) que são vitais para
a entrada de Eragon e Murtagh na sociedade, no filme não
existem.

A minha pergunta é : será que querem fazer uma sequela ?
É nestes factos que se baseia toda a história que se desenrola
no segundo livro, ora se não a contaram no primeiro filme, não
existe grande espaço de manobra para continuar num segundo
filme. Outra opção é refazerem a história mandando mais
umas machadadas na obra original, isto tornaria uma
segundo filme extremamente longo (com a história do 2º
livro e a do 1º).

CONCLUSÃO: O FILME FOI UM TOTAL FLOP.
publicado por Nocas às 11:48
link do post | comentar | favorito
|
.que mau feitio
.pesquisar
 
.Julho 2007
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31
.pensamentos recentes

. ...

. Vou ter de mudar mais uma...

. Prima da Lagosta

. ...

. Chuva

. 12 anos depois

. Eu vou para lá...

. E onde estavas tu no 25 d...

. Parabéns

. Tarde de saúde

.coisas cheias de pó

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

.tags

. todas as tags

.links
.Visitantes
blogs SAPO
.subscrever feeds